segunda-feira, 12 de março de 2018

MUSEU JANETE COSTA DE ARTE POPULAR LANÇA, PELA PRIMEIRA VEZ, CATÁLOGO COM SUAS EXPOSIÇÕES, DIA 21 DE MARÇO (QUARTA), ÀS 19H. IMPERDÍVEL!


 
 
 
MUSEU JANETE COSTA LANÇA CATÁLOGO
DAS SUAS EXPOSIÇÕES
DESTAQUE PARA AS MOSTRAS
QUE FICARAM EM CARTAZ EM 2017
 
 

O Museu Janete Costa de Arte Popular vai lançar, no dia 21 de março, às 19h, um catálogo com as suas exposições mais recentes e que marcaram o ano de 2017. A obra conta com belas imagens e textos que detalham a linha curatorial adotada pelo colecionador e cenógrafo Jorge Mendes. Entre as exposições destacadas estão: “Na Companhia de Jorge”, “Mambembe” e “Caminhando com Janete”.

 

Referência para a arte popular brasileira, o Museu Janete Costa tem o objetivo de ampliar a divulgação dessa cultura. Situado em dois sobrados do século XIX, com fachadas tipicamente neoclássicas, o museu é localizado na cidade de Niterói - no bairro da Boa Viagem – e abriga o nome de uma das maiores pesquisadoras e especialistas em arte popular brasileira, Janete Costa; que viveu parte de sua vida no município. Ao participar ativamente no processo de reformulação urbanística de Niterói, Janete é lembrada como uma arquiteta da cidade. "Quando se formou, morava em Niterói. Teve uma linda loja de decoração na Praia de Icaraí, a Escala, com móveis de designers brasileiros, como Joaquim Tenreiro e Sergio Rodrigues. Depois abriu mais uma loja, além do escritório de arquitetura", conta o arquiteto Mario Costa Santos, filho de Janete.

 

Além de atuar coma consultora na restauração da Igreja São Lourenço dos Índios, no bairro de São Lourenço, Janete também desenhou as estantes de exposição que abrigam as peças arqueológicas. Também atuou como consultora de arquitetura de interiores em restaurações de sítios históricos, como o Teatro de São Luís; o Palácio dos Leões, também no Maranhão; e o Solar do Jambeiro e a Igreja São Lourenço dos Índios, em Niterói. Foi responsável também pelo projeto de decoração de inúmeros hotéis, espaços comerciais e residências no Brasil e no exterior, sendo a grande referência na arquitetura de interiores durante várias décadas.

 
A reforma dos imóveis e restauração da fachada tombada ficaram a cargo do arquiteto Mario Costa Santos, filho de Janete.
 

Sem fazer distinção das diferentes classificações dentro do mundo das artes, Janete Costa admirava a arte em si e afirmava que "para entender a arte é preciso aprender a olhá-la”. E foi com esta crença que a própria Janete sugeriu a ideia da construção de um museu de arte popular. Mas antes de ver sua ideia realizada, a renomada arquiteta de interiores faleceu, em 2008, deixando um rico legado de arte, em sua coleção, e histórias populares.
 

Um pouco mais sobre as exposições do catálogo:

  
- “Na Companhia de Jorge”: sucesso absoluto de crítica e público – mais de 5 mil visitantes em apenas 1 mês – a mostra, composta por diversas obras, apresentou esculturas, telas e instalações da coleção do cenógrafo e professor de artes, Jorge Mendes, e seu sócio Jorge Guedes.

Foi composta por 80 obras – parte de uma das mais completas coleções de arte popular da região e do país – e apresentou as diversas faces de São Jorge, com a curadoria dos próprios colecionadores, e sob o olhar de diversos artistas populares nacionais, como Nicola, Welington Ferreiro e Mestre Dezinho, revelando a relação do Santo guerreiro com o universo popular e religioso brasileiro.

  

- “Mambembe”: o Universo dos palhaços foi o foco da mostra, dos artistas mineiros Fábio Francino e Silas Vilela, residentes em Vitoriano Veloso (MG), conhecida Bichinho.

Com curadoria do colecionador Jorge Mendes, a exposição fez uma homenagem aos artistas que dedicam toda uma vida a plantar e semear arte e cultura pelo Brasil. De acordo com o curador, o nome da exposição foi inspirado na peça “O Mambembe”, escrita por Artur Azevedo (1855-1908), e montada, originalmente, em 1904.

- “Caminhando com Janete”: uma homenagem à sua patrona. Levou ao público uma releitura do trabalho “Viva o povo brasileiro”, exposto com sucesso durante a Eco 92.
Com a curadoria do colecionador Jorge Mendes, “Caminhando com Janete” reuniu 248 obras de 115 artistas populares de todo o país e fez uma reverência ao Estado de Pernambuco e seus mestres da arte popular.



 
SERVIÇO

 
Lançamento do catálogo do Museu Janete Costa
Data: 21 de março
Horário: 19h
Endereço: Rua Presidente Domiciano, 178,
Boa Viagem - Niterói

Entrada gratuita

 




 APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FONTE
Departamento de Imprensa SMC/FAN
Secretaria Municipal de Cultura - Niterói
Fundação de Arte de Niterói - FAN

Nenhum comentário: