segunda-feira, 11 de setembro de 2017

DÉCIO ROCHA APRESENTA O SHOW “NEM SEI, FAZ TANTO TEMPO” NO TEATRO MUNICIPAL DE NITERÓI.

 
 

Décio Rocha
  
 
O Teatro Municipal de Niterói recebe no dia 16 de setembro, o espetáculo “Nem Sei, Faz Tanto Tempo", do multinstrumentista pernambucano Décio Rocha. No show, além de participar dos vocais, Décio se apresenta com seu contrabaixo e alguns instrumentos construídos por ele, como a "metrola" e o "violão porta-CD".
No Municipal, Décio será acompanhado por músicos que fazem parte de sua história musical, como Rogério Miranda (guitarra/violão), Henrique Branco (teclado/piano) e Rodrigo Veiga (bateria), além de ter a participação especial da cantora Marianna Leporace.
 
 
Décio Rocha
 
 
 O repertório reúne composições inéditas, como o samba "É a vida", "Focinho de porco não é tomada" e "Conta gotas", "Gostoso" e músicas de todos os CDs lançados, como "Celebração", "Dona Estamira", "De hoje em diante", "Eu sei e você Sabe", "Antes que anoiteça", "Rio-Niterói", "Peixinhos", "Hora da onça beber água" entre outras. O show tem cenário do artista plástico Fernando Mendonça que, assim como Décio constrói seus instrumentos, desenvolve sua arte utilizando sua coleção de materiais descartados como lixo urbano.
Produzido por Zeca Baleiro, o CD "Nem Sei, Faz tanto tempo" (2016), reúne faixas de quatro discos, lançados entre 1993 e 2010 pelo artista.
 
Décio Rocha
 
 
Décio Rocha
 
 
Décio Rocha é compositor e músico multi-instrumentista, nascido em Pernambuco e criado no bairro de Peixinhos, na periferia de Olinda. Iniciou sua carreira artística como baixista tocando em bailes em Recife e cidades do interior do nordeste. Integrante da Banda de Pau e Corda, reencaminhou sua trajetória profissional ao mudar-se para São Paulo. Lá, firmou parceria com Chico César e Zeca Baleiro, tocou com vários artistas de renome da música popular brasileira e abraçou mais ainda a causa ecológica ao se deparar com muitos objetos na rua que em muito contribuíam para a degradação do meio ambiente.
Passou a reutilizar materiais que encontrava no lixo para criar seus próprios instrumentos de percussão e de cordas e, com a sucata que fazia parte do seu cotidiano, construir, de forma lúdica, brinquedos que sempre estiveram presentes no seu universo imaginário. Seu primeiro instrumento profissional foi chamado de metrola, justamente por ter sido produzido com o lixo da metrópole.
Em 1993 lançou o primeiro CD autoral, "Talvez não seja assim", onde utilizou os primeiros instrumentos profissionais criados por ele. O repertório sugere a necessidade de uma mudança de valores em uma sociedade que se confronta com os limites da falta de preservação do nosso planeta. Esse CD foi o primeiro produzido por Zeca Baleiro. Em 2000 participou da trilha sonora do filme Bicho de Sete Cabeças, e compôs uma trilha sonora para comemoração dos 20 anos do Projeto Tamar.
Em 2002 lançou o segundo CD autoral, Peixinhos, com apoio do SESC e também produzido por Zeca Baleiro. Nesse mesmo ano, representou o Brasil no 1º Festival Latino Americano de Música Instrumental. Em 2003 compôs a trilha sonora do longa-metragem "Estamira", com direção de Marcos Prado, que foi gravada em CD.
 O CD, produzido por Zeca Baleiro, em 2010, intitulado "Quando estou dormindo nem sempre sei por onde ando", traz novamente à tona a preocupação do artista com a sustentabilidade do meio ambiente. Em 2013, participou da Semana do Meio Ambiente, realizada no Solar do Jambeiro, em Niterói, com show e exposição dos instrumentos e brinquedos que constrói com material reaproveitado do lixo.
 
 
Décio Rocha
 
 
Além de autor de diversas trilhas sonoras para TV e Cinema, Décio Rocha mantém ao lado de seus projetos musicais um trabalho constante de oficinas de criação de instrumentos musicais confeccionados com materiais descartados como lixo urbano e a experimentação de diferentes ritmos brasileiros através dos instrumentos por ele construídos. Esse projeto atende crianças a partir dos sete anos, jovens e adultos interessados na proposta de multiplicação das ações ambientais, por meio da conscientização da importância do correto descarte de lixo, possibilitando assim o seu reaproveitamento.
 
SERVIÇO
Décio Rocha apresenta "Nem Sei, Faz Tanto Tempo"
Data: Sábado, 16 de setembro de 2017
Horário: 20h
Duração: 80min
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$ 30,00 (inteira)
Local: Teatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua XV de Novembro, 35, Centro
Tel: (21) 2620-1624
 
 
Décio Rocha
 
 
Horário de funcionamento da bilheteria:
• Ingressos antecipados: terça a sexta, das 10h às 18h.
sábados, domingos e feriados, das 15h às 18h (se houver teatro Infantil, das 17h às 18h).
• Ingressos para o espetáculo do dia: das 10h até o início do mesmo.
• A bilheteria fecha para almoço das 13h às 14h.  
Vendas online pelo
site Ingresso Rápido:
 
 
 
 
APOIO NA DIVULGAÇÃO
 
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário: